Calendário Restituição IR 2020

Calendário Restituição IR 2020 – Anualmente, milhares de brasileiros devem realizar a declaração do imposto de renda para Receita Federal. No entanto, muitas vezes podem ocorrer o pagamento de valores maiores do que os devidos à Receita Federal. Então, como forma de ressarcir esses valores, o órgão oferece a restituição do imposto de renda. Então, quer se informar sobre o Calendário Restituição IR 2020? Leia o artigo abaixo.

Calendário Restituição IR 2020

Calendário Restituição IR 2020


Restituição Imposto de Renda – O que é?

A restituição do imposto de renda 2020 é o valor destinado aos contribuintes que pagaram acima da quantia real taxada pela Receita Federal. Então, o órgão separa esse valor que sobrou e ressarci ao contribuinte. Nem todos os contribuintes possuem direito a restituição do imposto de renda. Geralmente, quem possui direito são contribuintes que tem muitas deduções, como dependentes e despesas médicas.


Quem tem Direito a Restituição Imposto de Renda 2020?

A Restituição do Imposto de Renda não é de direito de todos os contribuintes da Receita Federal que declaram o Imposto de Renda. Para receber a restituição é necessário ter pago um valor mais alto do que o exigido.

Além disso, é preciso ter realizado a declaração do Imposto de Renda de forma correta e dentro do prazo.

Mas, se mesmo assim, você ficar em dúvida se vai ou não receber a restituição, logo abaixo é possível realizar uma consulta que irá te informar isso.


Calendário Restituição IR 2020

O Calendário Restituição IR 2020 corresponde ao cronograma definido pela Governo Federal, por meio do Ministério da Fazenda, para o recebimento do valor extra. Essa tabela do imposto de renda é atualizado anualmente e divulgado na plataforma da Receita na internet. Portanto, o calendário referente a 2019 não servirá para este ano.


Consulta Restituição IR 2020

Os contribuintes que declararam o imposto de renda podem realizar a consulta a restituição gratuitamente na internet. O procedimento é muito simples e fácil, podendo ser feito em dentro de poucos minutos, contanto que tenha os dados em mãos. A consulta Imposto de Renda é resumida da seguinte maneira:

  1. Inicialmente, acesse o site da Receita Federal, mais especificamente a área de “Consulta Restituições IRPF”, pelo seguinte endereço eletrônico: https://servicos.receita.fazenda.gov.br/Servicos/ConsRest/Atual.app/paginas/index.asp.
  2. Na plataforma da Receita Federal, informe os seguintes dados:
    • Número do CPF
    • Ano de consulta da restituição
    • Data de nascimento
  3. Digite os caracteres que estão sendo exibidas na imagem e, ao fim, clique em “consultar”. Caso todos os dados estejam corretos, o contribuinte será redirecionado para página de consulta as restituições IRPF 2020.


Data de Restituição IR 2020

As restituições do imposto de renda 2020 são realizadas mediante a ordem da declaração do imposto de renda e também classes prioritárias, como portadores de doenças, necessidades especiais e idosos. O cronograma do Calendário Restituição IR 2020 está dividido da seguinte maneira:

  • 1º lote: 16 de junho
  • 2º lote: 17 de julho
  • 3º lote: 15 de agosto
  • 4º lote: 15 de setembro
  • 5º lote: 16 de outubro
  • 6º lote: 16 de novembro
  • 7º lote: 15 de dezembro

Lote de Restituição do Imposto de renda 2020

Neste ano, o lote de restituição do imposto de renda é dividido em sete. O pagamento começa em junho e termina em dezembro. Por isso, é necessário se informar sobre o lote da sua restituição. Caso tenha direito, e anotar em lugar visível para não perder a data.

O valor do Calendário Restituição IR 2020 é depositado na conta do contribuinte informado na declaração do Imposto de Renda. A quantia pode ser sacada ou também deixada na conta corrente.


Valor Restituição Imposto de Renda

Muitos contribuintes tem dúvida quanto ao valor que receberão da restituição. Mas, para saber isso é só realizar o cálculo da restituição IR, o qual é muito simples.

O imposto é calculado de dois jeitos diferentes, confira:

  • Através do desconto simplificado e da soma dos rendimentos tributáveis;
  • O cálculo por meio de deduções legais, o qual é mais complexo, considerando todas as despesas.
1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

Leave a Reply