Imposto de Renda 2020 – Quem Deve Declarar, Cronograma e Consulta

O Imposto de Renda 2020 é de pagamento obrigatório, e por isso é preciso que o cidadão brasileiro fique atento a todas as informações que giram em torno dele de modo que ele não perca a data do seu pagamento. Não deixe de acompanhar os próximos tópicos deste post e saiba com mais detalhes como o imposto de renda 2020 opera e como você poderá fazer o seu pagamento.

Imposto de Renda 2020

Imposto de Renda 2020


Imposto de Renda 2020

O pagamento do Imposto de Renda 2020 é feito mediante a declaração dos rendimentos do cidadão a Receita Federal. Sendo que de um modo generalizado terão que realizar esse processo os cidadãos que contarem com rendimentos superiores a R$ 28.123,91.

A declaração deste imposto é feita de forma online, sendo que o cidadão poderá seguir com o processo do conforto do seu lar. Saiba como você poderá facilmente realizar a declaração deste imposto acompanhando os próximos tópicos deste post.


Quem Deve Declarar Imposto de Renda 2020

Como mencionando anteriormente nem todos os cidadãos brasileiros são obrigados a fazer a declaração do imposto de renda, ocorrendo que somente uma parte dos que se enquadram nas exigências do programa terão que seguir com essa declaração.

>>> Veja quem deve declarar Imposto de Renda 2020, já a seguir:

  • Todo o cidadão que no ano de 2020 auferiu de mais de R$ 28.123,91;
  • Pessoas que apresentam um rendimento que excede os R$ 40.000,00. Mesmo que não seja tributável, também há necessidade de declarar;
  • Todos os trabalhadores rurais que apresentam um rendimento bruto que está acima dos R$ 140.619,55 em suas atividades no campo;
  • Pessoas que tem imóveis ou terrenos em seu nome que valem mais de R$ 300 mil;
  • Quem auferiu ou fez investimento e transações na bolsa, Mercado financeiro e afins.

Alguns cidadãos brasileiros são insetos do pagamento deste tributo. Sendo que no caso de quem recebe uma renda mensal de R$ 1.999,18, por exemplo, não há necessidade de seguir com o pagamento do Imposto de Renda.


Declaração Imposto de Renda 2020

Para poder fazer a declaração do Imposto de Renda 2020 é preciso que se usem as ferramentas disponibilizadas pela receita federal para isso. Sendo que será necessário fazer o download do programa IRPF 2020 para computador ou até mesmo para o seu smartphone.

>>> Confira o passo a passo de como você pode fazer a emissão da declaração do Imposto de Renda, já abaixo:

  • Comece por baixar o programa de emissão pelo link;
  • Selecione o sistema operacional correto;
  • Depois de realizar o download basta usar toda a documentação necessária para emitir a declaração no programa instalado.

Aplicativo IRPF

Além da declaração pelo computador, você pode realizar a mesma através do aplicativo IRPF 2020. Confira como abaixo:

Assim como no computador, através do aplicativo você deve fazer o download e informar todos os dados exigidos.

  • Sendo assim, entre na loja de aplicativos do seu celular;
  • Busque por “IRPF”;
  • Após instalado o APP, informe o necessário para acessa-lo;

  • Quando aberto o aplicativo, você já pode “Fazer Declaração”;
  • E seguir os passos assim como mostra na imagem:


Documentos Necessários para a Declaração do IRPF

Para preencher corretamente a sua declaração do Imposto de Renda é preciso ter alguns documentos em mãos. E não esqueça de informar os dados com cuidado, para que não haja nenhum erro.

Os documentos exigidos são os seguintes:

  • Aposentadorias, benefícios e pensões;
  • Doações realizadas;
  • Documentos dos seus bens;
  • Ônus e dívidas;
  • Recibos de pagamentos;
  • Renda Variável do contribuinte;
  • Vencimentos e Salários.

É possível que outros documentos também sejam exigidos. Entre eles estão documentos pessoais, como:

  • Conta Bancária;
  • CPF – Cadastro de Pessoa Física;
  • Número de Identidade;
  • Número do Licenciamento dos seus veículos;
  • Número de matrícula dos seus imóveis.

Cronograma Imposto de Renda 2020

Para poder conseguir fazer a declaração do Imposto de Renda 2020 dentro da data definida é preciso que o interessado cumpra com as datas indicadas para esse processo.

Valendo lembrar que quem for a perder o prazo de pagamento deste tributo verificará uma multa que poderá chegar em até mesmo 50% do valor total do Imposto de Renda.


Restituição do Imposto de Renda 2020

Após a realização da declaração do Imposto de Renda a Receita Federal, você receberá a restituição da mesma. E eu valor irá variar de acordo com alguns fatores declarados, entre eles:

  • Despesas com dentista (por exemplo: implante dentário);
  • Consultas e Exames;
  • Plano de saúde;
  • Plano de previdência;
  • Ter dependentes;
  • Gastar com próteses ou cirurgias plásticas por conta de problemas de saúde;
  • Ter gastos financeiros de saúde fora do Brasil;
  • Despesas imobiliárias;
  • Equipamentos especiais – como cadeira de rodas;
  • Até o ensino médio mensalidade escolar e matrícula;
  • Pagamento de pensão;
  • Gastos médicos;
  • Gastos educacionais;
  • Gastos com décimo terceiro ou férias de funcionários;
  • Doações beneficentes.

Abaixo você pode consultar sua restituição e saber se o valor aumentou por conta das situações acima.

Consulta Imposto de Renda 2020

A Consulta Imposto de Renda 2020 pode ser feita diretamente no site oficial da Receita Federal sem nenhuma complicação. Desde que o cidadão siga com o passo a passo explicado acima.

Nessa consulta é até mesmo possível fazer a restituição para quem tem direito. Veja como fazer isso, já abaixo:

  • Comece por acessar o site oficial da Receita Federal clicando AQUI;
  • Dentro da página basta procurar por “Restituição” e depois clicar em “Consulta a Restituição”;
  • Uma nova página será aberta, nessa página siga informando o seu CPF, O ano da restituição e a data do seu nascimento;
  • Na parte de baixo será necessário seguir inserindo o código de segurança e depois clicar em “Consultar”.
Consulta Imposto de Renda 2020

Consulta Imposto de Renda 2020

Pagamento da Restituição do Imposto de Renda 2020

A restituição do imposto de renda é paga em lotes, os quais possuem uma data específica. Essas datas são divulgadas por um tabela da Receita Federal.

Confira abaixo:

Lote Data
17/06/2020
15/07/2020
15/8/2020
16/9/2020
15/10/2020
18/11/2020
16/12/2020

Diferença entre o IRPF e IRPJ

As pessoas que são obrigatórias a declarar o imposto de renda se distinguem em pessoas físicas e pessoas jurídicas (empresas). Abaixo é possível entender como essas declarações são realizadas e quais as diferenças das mesmas:

Imposto de Renda Pessoas Jurídicas

O imposto de renda pessoas jurídicas, no caso, empresas, igrejas, e outros órgãos. Realizam a declaração do imposto de renda através do IRPJ.

É importante tomar cuidado no momento da declaração de donos de empresas, pois seus rendimentos de pessoa física não podem ser confundidos com os rendimentos da empresa – pessoa jurídica.

Imposto de Renda Pessoas Físicas

A declaração do imposto de renda para pessoas físicas pode ser feita de duas formas diferentes:

  • Por meio do Imposto de Renda Retido na Fonte – IRRF;
  • Ou então, pela Declaração de Ajuste Anual – DIRP.

Isenção do Imposto de Renda 2020

A isenção do Imposto é de direito de algumas pessoas, pois nem todas são obrigadas a declarar o IRPF 2020. Mas, para ter direito a isenção, primeiro você precisa se enquadrar em alguns requisitos e depois comprovar sua situação a Receita Federal.

Abaixo você pode conferir os casos que tornam o Imposto de Renda isento:

  • Quando o valor dos rendimentos mensais da pessoa são acima do valor possível para realização do cálculo;
  • Aqueles que possuem o valor máximo de R$ 1.903,98 por mês;
  • Portadores de algumas doenças também tem direito a isenção:
  1. Osteíte Deformante ou Paget em estado avançado;
  2. AIDS;
  3. Parkison;
  4. Paralisia irreversível e incapacitante;
  5. Hanseníase;
  6. Cegueira;
  7. Cardiopatia Grave;
  8. Hepatopatia Grave;
  9. Neoplasia Maligna;
  10. Contaminação por Radiação;
  11. Alienação Mental;
  12. Espondiloartrose anquilosante;
  13. Tuberculose;
  14. Fibrose Cística;
  15. Esclerose múltipla.

Comprovação de Isenção do imposto de Renda 2020

Como dito anteriormente após se enquadrar em algum dos requisitos, o cidadão deverá solicitar a isenção do imposto por meio da Receita Federal.

Assim, sendo é preciso que haja a comprovação de tal situação. No caso de doenças, um médio do Ministério da Saúde deverá examina-lo e apresentar um lado comprovando sua situação.


Tabela Imposto de Renda 2020

Com a tabela do Imposto de Renda é possível sabe qual o valor da alíquota em que seus rendimentos devem ser declarados, as quais variam de acordo com o salário do contribuinte.

Existem duas tabelas, uma referente as alíquotas do imposto e outra relacionada a rendimentos isentos. Confira abaixo cada uma delas:


Malha Fina Imposto de Renda 2020

Para aqueles que não conhecem, a Malha Fina é uma espécie de fiscalização do Imposto de Renda. Pois através da mesma é possível verificar incorreções da sua declaração e tentativas de sonegação do imposto.

Então, se houver qualquer incorreção no momento da sua informação de dados, realize logo a retificação da mesma, para que assim, você não caia na Malha Fina e tenha que pagar multas.

Se você ficou na dúvida no momento da inserção das informações da Declaração IRPF 2020, é possível consultar se você caiu na Malha Fina ou não.

Para isso, siga as etapas abaixo:

  • Clique aqui e entre no site do eCAC;
  • Informe todos os dados exigidos;
  • Confira as informações sobre o Imposto de Renda.

Imposto de Renda 2020 Atrasado

A declaração do Imposto de Renda possui um prazo para sua efetivação, o qual se inicia em Março e se encerra no fim de Abril. No entanto, se você deixou de declarar seus rendimentos terá de pagar juros sobre o valor total do imposto.

Sendo possível que esses juros alcancem 20%. Ou seja, o quanto antes você efetuar a declaração menor será o valor dos acréscimos.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

Leave a Reply